A meta-ficção de Kamen Rider Decade

decade
Tente entender a famigerada série de 2009

Se você assistiu ao final de Kamen Rider Zi-O, provavelmente sua cabeça deve ter explodido com a mudança brusca nos últimos três episódios. O conceito dos mundos alternativos voltou a ser adotado logo nos “45 minutos do segundo tempo” e confundiu quem já estava habituado a ver os crossovers entre os Riders nos últimos 10 anos. Agora a narrativa é que cada Kamen Rider da era Heisei possui seu próprio mundo. E claro que isso descarta propósitos dos filmes de inverno (Movie Taisen), de primavera (Super Hero Taisen) e até mesmo dos primeiros 40 episódios de Zi-O.

Esse conceito de mundos alternativos para cada motoqueiro mascarado surgiu em 2009 com Kamen Rider Decade. A premissa apresentava o jovem Tsukasa Kadoya (Masahiro Inoue) transitando pelos nove mundos dos Kamen Riders da era Heisei – de Kuuga até Kiva. A diferença era que os Riders eram versões alternativas das que foram mostradas antes de Decade. Por isso os atores originais não protagonizavam os arcos de dois episódios (referentes a cada mundo). A única exceção dessa regra era o “mundo de Den-O”, já que os personagens eram os mesmos da série de 2007 e o arco fez uma ligação indireta com o filme Cho Kamen Rider Den-O & Decade NEO Generations: The Onigashima Battleship. Entenda: indireta porque o Decade apareceu ali como coadjuvante.

Leia também: A coexistência entre Black e Black RX

Quem assistiu Decade deve se lembrar que alguns atores voltaram a reprisar seus respectivos papeis de origem. Só que na realidade, aqueles personagens que vimos através dos atores originais NÃO eram os mesmos das suas respectivas séries. Ou seja, também não passavam de versões alternativas.

wataruseto
O fictício Wataru Kurenai

Por causa da complexidade de Kamen Rider Decade, o produtor Shinichiro Shirakura (que também esteve envolvido com Kamen Rider Zi-O) explicou na revista Toei Hero Max Special W Cross DECADE, publicada em 2009, que a razão da coexistência entre dois Kivas e dois Blades, por exemplo, eram devido à meta-ficção. Seu argumento na época foi o seguinte:

No primeiro episódio (de Decade) aparece o Wataru, que nós costumamos chamar de “Wataru Seto”, e começa a explicar a situação do mundo. Ali, o Wataru que o (Koji) Seto interpreta não é o personagem “Wataru Kurenai”, e sim um ser da meta-ficção. Seria algo como a voz do céu ou a voz do autor (risos).

Em outras palavras: o Wataru Kurenai que vimos em Decade não era o mesmo de Kamen Rider Kiva e tampouco tem relação direta com a série de 2008. Ali se tratava de um Wataru Kurenai da meta-ficção de Decade. O mesmo também vale para Otoya Kurenai/Dark Kiva no arco de Nega, Kazuma Kenzaki/Blade nos episódios finais, Shouichi Tsugami no final do filme All Riders vs. Dai-Shocker e também dois Issamu Minamis nos episódios 26 e 27. Nenhum deles eram os mesmos das suas respectivas séries e são todos versões alternativas. Isso também acontece quando aparece outro Kamen Rider Skull no Movie Taisen 2010 (lançamento mesmo em dezembro de 2009), onde ele não reconhecia Akiko e Shotaro como filha e discípulo, respectivamente.

E é preciso que se diga que em livros e revistas oficiais de Kamen Rider não há uma classificação entre Rider original e alternativo, uma vez que a premissa de Decade tinha os mundos alternativos dos primeiros Riders da era Heisei como base e não havia uma divisão entre o original e a série do Decade.

black
Decade ao lado dos alternativos RX e Black

Assim como a inserção de diferentes mundos para cada herói foi um problema para Kamen Rider Zi-O, a Toei perdeu a mão na época de Decade quando os episódios finais exploraram outros mundos além daqueles nove apresentados no início. Eram os mundos de Nega, de Diend, de Shinkenger (obviamente era o mesmo da grande parte da franquia Super Sentai), de Black, de Black RX (ambos eram alternativos, como expliquei acima) e do Amazon. E aqui vai um detalhe importante: Shirakura era contra a inclusão dos Riders da era Showa na trama. Quanto aos filmes, o de verão (All Riders vs. Dai-Shocker) não tinha muita ligação direta com a série de TV, enquanto o Movie Taisen 2010 sofreu mudanças de roteiro e nenhuma daquelas cenas mostradas na primeira prévia aconteceu de fato.

E uma outra curiosidade que poucos devem saber: Kamen Rider W (Double) deveria ter estreado logo após o final de Kiva. A série foi adiada como estratégia para criar o Decade como o décimo Rider da era Heisei. Tal mudança acarretou na mudança de calendário dos lançamentos das novas séries do final de janeiro para o início de setembro. Daí o porquê de Decade ter sido previamente programado para ter apenas 31 episódios e carregar a impressão de ser uma série feita nas coxas. Por outro lado, W serviu como o início de um então novo ciclo para os Heisei Kamen Riders.

Em tempo: não é preciso quebrar muita cabeça pra entender Kamen Rider Decade. Apenas se divirta com os encontros e também com os furos. Apesar dos pesares, ainda considero uma “boa” indicação para quem quer imergir na franquia.

Fonte: Blog Universo Otaku

Autor: César Filho

Radialista. É autor do Blog Daileon e escreve semanalmente uma coluna sobre tokusatsu para o site JBox. Em Fortaleza, apresentou palestras em eventos como Sana e Anime Master entre 2013 e 2017. É fã de produções live action com efeitos especiais, principalmente das franquias Metal Hero, Ultraman e Kamen Rider. É admirador declarado pela cantora Yumi Matsuzawa.

5 comentários em “A meta-ficção de Kamen Rider Decade”

  1. Muita gente não gosta porém eu acho ele demais, foi a época que eu caí de cabeça na franquia Kamen rider, o mais próximo disso que eu vi foi o Kabuto, pra mim decade foi um dos melhores riders da era heisei não só também o mais forte dele como também entra no meu top 5 de séries dessa Hera, já Zi-O conseguiu ser pior que ele.

    Curtir

    1. Oi, Tiago. Apesar de ser uma série nonsense, eu curto Kamen Rider Decade. Foi por causa da série que eu passei a acompanhar as séries de tokusatsu durante a exibição japonesa. Decade conseguiu compensar os 18 episódios que lhe faltaram em 18 episódios de Zi-O. O rei do tempo bem que tentou, mas foi um fiasco astronômico graças a esse final absurdo.

      Curtir

  2. César, neste fim de semana esta acontecendo o festival de cultura japonesa o Bon Odori, do dia 30/08 a 01/09, passarei fotos e informações pra você, assim que tiver.
    grande abraço.

    Curtir

  3. Excelente texto, César!
    No final das contas, sabemos muito pouco dos bastidores destas séries, mas toda nova informação ajuda a ter uma dimensão melhor do que acontece. Hoje em dia existe uma bronca muito grande em relação às decisões do Shinichiro Shirakura, mas é inegável que eles estavam tentando novos caminhos, principalmente nos dez primeiros anos dos Heisei Riders.
    A questão do “Wataru Seto” é interessantíssima, pois dá uma nova visão para praticamente todos as falas dele – como foi o caso em Movie Taisen 2010: a destruição dos Kamen Riders “alternativos” permitiu que eles pudessem renascer sob sua própria história. Indagado pela Natsumi sobre trazer Tsukasa de volta, Wataru só disse “Decade… não tem a sua própria história”. Um recado velado para os fãs mais velhos?

    Curtir

    1. Fala, Takeshi! Decade ainda é um personagem que não tem tanto desenvolvimento, mas por ser misterioso acaba tendo alguma graça. Não foi a toa que ele foi eleito pelos japoneses como o Rider mais forte da era Heisei. Achei interessante a Toei criar um Wataru Kurenai próprio para a trama e isso faz algum sentido por ele ser um “profeta” ou algo do tipo. Outros personagens da meta-ficção são importantes de se observar como o Kenzaki que aparece se transformar apenas nas formas finais do Blade e até ver um Issamu Minami (Black) ser mais piedoso com as mulheres, como na luta dele contra a Kamen Rider Femme. Essas características dão a entender que eles são versões diferentes dos personagens que vimos nas respectivas séries. Abraços!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: